rrras-te-parta

....................

segunda-feira, outubro 17, 2005

Expressão 4

Vai p'ró C... Isto é como a gente diz quando quer e não quer dizer “carilho”…lol. Agora vai para o “carilho” é o que dizem aquelas pessoas que não pensam naquilo que falam. Aquilo é uma coisa pequena, já sei já sei o seu é grande…, mas não dá para a gente ir PARA! E o que é que a gente vai lá fazer? Ou simplesmente VAI…? A mim ninguém me mande para lá que eu sofro de claustrofobia e aquilo tá muito apertado e cheio de gente a perguntar-se porque foram lá parar. Esta sociedade devia ser mais erudita. Por exemplo: - Vai pôr a tua vida sexual em dia! - Vai mexer no teu pénis! - Vai para onde foste concebida - A PDI passaria a ser “a prostituta da idade”. Senhora fina não diria merda, mas excremento, etc. Claro que não dá o mesmo gozo nem faz bem psicologicamente desabafar assim tão cheio de boas maneiras. Afinal de contas por alguma razão, e não só monetária, as pessoas educadas vão desabafar para o psiquiatra. A propósito transcrevo para aqui um comentário que um amigo meu colocou neste blog e me parece mais digno de um post: as expressoes populares sao sempre engraçadas e não tem qualquer tipo de maldade desde que bem entendidas. Isto é, cada qual fala de acordo com a região onde vive, nasceu ou foi criado. a expressao que se usa no Porto de "caralho" (acima e abaixo) não é ofensiva, no entanto há pessoas de outras regiões do País que assim não o entendem. por exemplo: - o dia hoje tá como o caralho. (o dia está péssimo, sem sol) no norte (trás-os-montes) quando ouvires um transmontano dizer "caralhos me refoda" é melhor desandares porque vai haver grande briga. outra: uma mãe ou um pai que se aborrece com a filho (tambem na aldeia) expressão: bida (vida) quer dizer desaparece e não me chateies. ainda outra também regional: põe-te a monte não me fodas a cabeça, eh eh e assim sucessivamente. Beijokas expressivas dos teus amigos do "Puarto" z/i

1 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home