rrras-te-parta

....................

domingo, outubro 30, 2005

viver em Raiva

Que este blog está a ficar um blog de “cacas”, é uma verdade, e não foi para isso que o criei com tanto amor, como se cria um filho, foi para nele despejar as minhas raivas, que são variadas e não poucas. Que isto de fazer frente à luta de todos os dias é preciso viver com uma certa raiva. Ora vejamos: a gente acorda ao som do despertador e fica logo mal disposto, ou porque dormiu mal ou porque tem uma baita duma dor de cabeça e tem de ir trabalhar dali a pouco. Vamos ouvindo as notícias e sabemos como é…desgraça aqui, a mãe que deixou sozinhos em casa os filhos enquanto ia trabalhar e morreram queimados, furacão acolá, seca que greta a terra e mata gado e pasto, avião que cai não sei aonde… Não vamos falar de transportes, sejam eles públicos ou privados, que qualquer um deles é um tormento em hora de ponta. Chegados ao emprego é encarar colegas e chefes, que também não dormiram bem, ouviram as trágicas notícias e assistiram a um acidente por causa de outro que também dormiu mal…etc. E só passaram quatro horas e eu já estou cansada, só de falar no assunto. A sopa e o salgado à hora do almoço, mais a bica, o copo de água e o café levam os últimos €€€s da semana, provocando a indigestão do costume. Vocês conhecem o resto da história, a tarde para adiantar o serviço que atrasou com o feriado e fim-de-semana, as fofocas de deixar os cabelos em pé, por falar nisso, preciso de ir ao cabeleireiro e não há guita… E o chefe que hoje está pior do que nunca…acho que a mulher o vai deixar…não sei… Depois, no regresso a casa, as filas do costume, as compras para o jantar, o dito cujo que entretanto queimou enquanto estava a ver a novela, há que arranjar uma salada e pronto! E o sofá ali tão perto…mas, mas a roupa para lavar e passar… E o sofá ali tão perto! E ainda tenho que limpar os sapatos que calquei a porra da poia ao entrar em casa… Como é que não havemos de viver com raiva?

3 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home