rrras-te-parta

....................

segunda-feira, agosto 14, 2006

O Pó

Andava eu hoje a limpar o pó e pensando, que é um vício tenebroso que eu tenho, pois dá lugar a sentimentos, os mais diversos, desde a horrível sensação de que me falta fazer qualquer coisa mais importante do que limpar o pó...à angustia de que tenho uma conta exurbitante para pagar, disto ou daquilo...são sempre exurbitantes, diga-se, não se devia de ser obrigado a pagar fosse o que fosse, pagava quem podia...e queria! eu devia de me sentir bem na era das trocas: pega lá este vestido que já não uso, só uso calças, agora que tenho as pernas mais gordas...e dá-me lá um telemóvel...que eu preciso, o meu caiu e pifou. Assim toma-lá-dá-cá e ficamos quites. O outro que até nem usa nem saias nem vestidos iria trocá-lo por um rato sem fios para o computador. E assim ficavamos todos contentes sem usar o tal vil do metal. Mas desviei-me da linha principal, e dizia eu que, limpando o pó ia pensando que tal como aquele anúncio que dizia que não é natural um negro ter carapinha loira também NÃO é natural um móvel NÃO ter pó, natural é o pó estar em cima dos móveis, no chão, etc., se andasse no ar faria mal à saúde, eu pelo menos começo a espirrar e a ficar com comichão no nariz. Depois tenho o problema da gata! como é , mas como é que se ensina uma gata a largar só pêlo para o pano do pó? ela que adora andar por cima dos móveis e sofás e cama? e onde lhe apetece se lava e coça??? Portanto oiçam bem, que eu só vou dizer isto uma vez, se algum dia vierem a minha casa e virem pó nos móveis e pêlo por tudo quanto é sítio, só teem mesmo é que pensar que eu tenho uma casa MUITO NATURAL. E antes que eu seja pó, cinza e nada que seja a minha vida uma alvorada, que eu saiba viver p'ra me encontrar. ( acabou de me subir ao pensamento, com remeniscências de Flôr Bela Espanca de que a minha amiga Isa tanto gosta...lol)

2 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home