rrras-te-parta

....................

terça-feira, julho 19, 2011

Injustiças!

São as voltas da vida... justo, justo sou eu e tu, onde vives no meu coração para sempre. Justo é o teu corpo junto ao meu numa ternura que não tem nome, num cheiro que recordo numa saudade de milénios, justo e é o calor que nem é meu nem teu...pode ser nosso, é seguramente o meu neste momento em que te recordo já com sofrimento...injusto é o momento de dor e mágoa, por que não estás aqui, aqui onde te desejo e te quero na minha carne e no eu mais profundo. Injusto é estar longe quando perto te quero na minha carne e na minha alma...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home